Castelo Rodrigo: Sinais da Presença Judaica

A Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, além da sua riqueza monumental em termos das suas muralhas, do seu castelo e da sua situação geográfica sobre uma colina, apresenta uma outra característica importante: a presença dos judeus. Além da cisterna, que se pensa ter sido a antiga sinagoga, existem outros pequenos sinais bem evidentes da passagem dos hebreus por esta antiga vila medieval.

Os judeus no Portugal medievalRoberts_Siege_and_Destruction_of_Jerusalem

Os judeus foram uma presença constante no Portugal da Idade Média. A propensão desta comunidade para os trabalhos tecnicamente mais avançados (desde a banca à ciência) contribuía para a prosperidade das regiões onde se inseriam, mas granjeava igualmente bastante inveja, principalmente num tempo de grande fervor religioso. No final da Idade Média, quando os judeus foram expulsos de Espanha, a região da Beira Alta recebeu um grande número de novos habitantes, não só em Castelo Rodrigo, mas também em vilas próximas, como Belmonte ou Trancoso. Contudo, poucos anos depois, em 1506, o judaísmo foi igualmente proibido em Portugal.

A cisterna de Castelo Rodrigo

Apesar de a aldeia ser relativamente pequena, mesmo assim é possível, nos dias de hoje, identificar uma judiaria. No seu centro estaria uma sinagoga, na rua que preserva esse mesmo nome (rua da Sinagoga), que terá sido transformada na cisterna que hoje é possível observar.

Outros evidências judaicas em Castelo Rodrigo

Ainda na rua da Sinagoga, há uma porta que se encontra estranhamente posicionada abaixo do nível da rua e onde ainda é possível ver, gravada na ombreira, uma cruz de três braços: trata-se da menorá, símbolo religioso judaico. São mais frequentes as casas com uma cruz tradicional (católica), indicando que o seu habitante era um cristão-novo, um antigo judeu agora convertido ao cristianismo. Mas note-se que em várias dessas casas (n.º 14 da rua do Relógio, n.º 25 da rua da sinagoga) existe uma pedra ou concavidade que serviria antes para colocar a mezuzá, um rolo de pergaminho, de acordo com o costume hebraico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *